Livros e Resenhas

Resenha : A Culpa é das Estrelas – John Green

zzzzgg

Queridas Flores Rosadas,

Desde tempos estou devendo à vocês a resenha desse livro…(sorry <3) E também estou mega atrasada, pois o filme já estreou e já assisti e a grande  “febre” já passou, porém, ninguém ler um livro só porque ele está na “moda“, né ? E mais : desde quando livro entra na moda !? Na minha opinião, os livros são feitos para serem lidos independente do tempo, da geração, do assunto, se é uma “febre” haha, se é de capa dura ou mole…isso pouco importa, o que realmente é significativo é o prazer da leitura, apenas isso.

Se você concorda com o meu raciocínio, não vai se importar em ler uma resenha “atrasada“, não é verdade? Pois bem, vamos começar então!

Características Gerais 

  • Nome do livro: A Culpa é das Estrelas.
  • Autor: John Green.
  • Editora: Intrinseca.
  • Número de páginas: 288.
  • Não possui gravuras.

Pois bem, por onde eu começo…melhor começar pelo começo, né? haha Já faz um bom tempo que comprei um kindle ~aparelho, tipo um mini tablet que serve apenas para baixar livros~ e estava doida à procura de livros legais, foi aí que, ao entrar em um dos sites de baixar ebooks, me deparei com esse. No primeiro momento não botei muita fé ~confesso~, mas mesmo assim resolvi baixar (ainda bem que eu fiz isso! haha).

Depois de horas fazendo aquele processo de download, abrir na pasta, salva na pasta…e blá, blá, blá, deitei em minha cama ~o melhor lugar pra ler~e comecei a ler as primeiras ideias do livro…e acabei desistindo de ler. Pois é minhas caras leitoras, eu desisti. Em razão da história já começar com uma doença tão cruel, e geralmente a personagem só descobre no final…então decidi não continuar a leitura.

Alguns dias depois, conversando com minha amiga, ela acabou comentando sobre livro e disse que era triste, porém maravilhoso ( e ela está certíssima, o livro é mais que maravilhoso…e muito triste), então resolvi retomar a leitura. Demorei cerca de uma semana ( sei que tem gente que ler em três dias, dois, ou até em um, mas eu sou mais vagarosa) e em cada página era uma emoção diferente, e os sentimentos se misturavam.

czczxc

Resumindo a história, sem acabar com a graça de quem ainda não leu, ou não assistiu ao filme é assim:

A personagem principal é Hazel Grace. Desde os 13 anos sofre com um câncer. Em plenos  16, ela não é do tipo que se diverte por aí, sai pra balada, tem muitos amigos, vive passeando…ela é tímida, recatada, prefere ficar em casa lendo Uma Aflição Imperial e assistindo Tv. Também não é pra menos, com uma doença que a impossibilita de muitas coisas e a torna exclusivamente dependente dos pais, além de viver constantemente em alerta,  é muito difícil achar ânimo , né? (Admiro muito quem mesmo passando por um momento tão difícil, está sempre com sorriso no rosto…”pensamentos meus”) Continuando, haha Ela acaba conhecendo Augusts Waters, que teve câncer, e devido a ele, teve uma perna amputada. Eles se esbarram em um dos encontros do grupo de apoio, e o que acontece? AMOR minha gente, AMOR!

A história gira em volta dessa linda paixão, e a busca pela realização do sonho da Hazel…que é obvio que não vou contar qual é! haha Infelizmente pra uns (pra mim) ou felizmente pra outros, a história tem um final muito triste…envolvendo esses personagens, e é de parti o coração em milhões de pedacinhos. Talvez você precise de várias caixas de lencinhos ou precise de terapia, pois as história é inesquecível. Se você ficou curiosa, leia, e se emocione muito com o  desfecho dessa linda história de amor.

Beijos Floridos,

Karen Letícia

Gostou da resenha? Deixe nos comentários!

 

 

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.