Comportamento

#JeSuisCharlie – O atentado ao Charlie Hebdo

dsdsdsdsd

Caro Leitor (a),

Meu nome é Karen Letícia, possuo esse espaço na internet, que popularmente, conhecemos por “blog”, onde falo sobre várias coisas. E hoje irei dividir minha opinião a respeito do atentado ao Charlie Hebdo. Não trato de assuntos assim aqui, geralmente são papos descontraídos e bem humorados sobre o mundo feminino (moda, beleza, decoração…).

Entretanto, devido aos acontecimentos recentes, ocorridos na França, o atentado, a morte dos cartunistas, achei que devesse acrescentar essa pauta, em ” homenagem”, alguns podem assim pensar, ou por simples respeito, já que eles morreram em razão das suas próprias convicções e opiniões.

Você aí que está lendo esse post, já parou para pensar sobre “liberdade de expressão”? Termo que hoje, já está previsto na lei, Art. 5, inc. IX da Constituição Federal de 88, para ser mais exata. Que garante :

” É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”


Ou seja, nos é permitido pensar, escrever, pintar, publicar qualquer coisa, sem sermos cesurados e reprimidos por nada, nem ninguém. Esse direito a nós foi concebido, por meio de muita luta e coragem de pessoas, que talvez (na verdade, tenho certeza) você nem saiba quem são. Foram esquecidas. Porém todos nós, usufruirmos até hoje desses feitos.

Porém, em pleno século XXI, ainda me deparo com a ignorância, o desrespeito, e a negligência perante essa liberdade. Todos os dias na verdade, isso ocorre. Não foi de repente, ou só agora percebemos aqui ponto o ser humano pôde chegar….isso já nos ronda há muito tempo.

Todavia, acabamos que não damos tanta relevância, e continuamos a vida, sem tentar reverter a situação. A famosa frase “empurra tudo para debaixo do tapete”ou também “vamos fazer vista grossa”. Pelo menos, até acontecer algo mais sério, para aí sim, providenciar medidas que amenizem o problema, mas não que deem fim a ele.eeeee4444

O atentado ao Charlie Hebdo foi mais uma prova que a humanidade anda precisando de uma ” surra” para ver se aprende a ter vergonha na cara. Doze mortes, doze pessoas, doze vidas foram tiradas por dois extremistas, que se sentiram no direito de retirá-las, para defender sua religião, ou simplesmente para impor medo e terror a população, afim de que temam seu poder. Justo, né? Você não pode mais relatar, criticar, se expressar, pois caso hajam pessoas que não concordem, que sejam contra sua posição, eles podem acabar com você?

É essa a realidade em que vivemos. O medo, o terror, o ódio e poder, tomam de conta. Coitados de nós, inocentes, que pagamos com nossas vidas.

Para finalizar meu desabafo, queria deixar claro, que não estou tomando partido por ninguém. Pois se você leu até aqui, creio que já tem sua posição definida, e a minha, nesse exato momento, não importa. Foi apenas um desabafo, pois a tragédia me chocou.

Fique agora com uma música feita pelo cantor francês JB Bullet, em protesto ao atentado. Quem não é fluente em francês, como eu, mas ficou intrigada com a letra da música, clique aqui, que o Fantástico, deu uma mãozinha para gente!

http://www.youtube.com/watch?v=U3yW1dG9LC0

Encerro o post, cantando uma frase dessa música, “uma arma contra uma caneta”…

Até os próximos!

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pular para a barra de ferramentas