Comportamento

Pensei, ops! Falei #1 – Até onde vai a nossa liberdade de expressão?

clogo (12)

Queridas Flores Rosadas,

Atualmente, vivemos em um mundo digitalizado, onde crianças de quatro e cinco anos já dominam o celular, o  computador, os tablets…tudo! Na minha época…bem..eu brincava de barbie, casinha…Celular? haha Fui ganhar com doze anos, para vocês terem uma ideia!  Mas a questão em que quero chegar, é que hoje em dia, tudo é mais liberado, como é o caso das  redes sociais, que nada mais é,  que um espaço para expor suas opiniões, gostos, etc.  Até porque nos é dado o direito de ir e vir, pensar e falar o que quisermos, ou seja, temos liberdade. Porém a população acaba abusando e ultrapassando dela,  jovens e adultos se portam na internet, muitas vezes de maneira grosseira, maldosa, ridícula e ao meu ver, totalmente desnecessária. As ” neuras” e preocupações se perderam…assim como o bom senso das pessoas. Como estabelecer um limite? Se é que ele realmente existe.

IMG_6647

by Karen Letícia.

Alguém pode achar tosto, ou até meio besta falar sobre isso (se for o seu caso, não leia, simples assim) …entretanto, acho de extrema relevância tratar desse tema, justamente porque tenho um espaço na web, o blog,  que me é permitido em função da própria “liberdade de expressão”… desse modo, os assuntos se entrelaçam, e não tem como fugir! haha Além do mais, é direito de todo cidadão, portanto discutir e debater questões assim nos faz compreender melhor o mundo em que vivemos, e claro, saber reclamar e exigir nossos direitos caso sejam violados ou descumpridos, mas como reivindicar, sem  sequer ter conhecimento?

Por esse e por diversos outros motivos, resolvi criar uma série de posts sobre questões relacionadas com tecnologia, comportamento, liberdade, juventude…temas que nos rodam, e que na maioria das vezes, não damos atenção.

Então vamos ao primeiro de muitos,“Pensei. Ops, Falei”  do blog!


clogo (24)

     Liberdade de expressão.

A internet está aí para ver o que quiser, com um turbilhão de informações em frações de segundos! Onde pessoas de classes, religiões, culturas, nacionalidades diversas interagem entre si. Muito bacana, não é ? Até aí é bom mesmo. Porém nem tudo é “um mar de rosas”, e como existe muita maldade nessa vida, pessoas usam dos mecanismos e das facilidades da internet para agir de má fé.

Mas como assim? Bem, o anonimato é uma das ferramentas mais comuns. Por exemplo, todos aqui já devem ter visto algum comentário de mau gosto no instagram, né? Eu fico para morrer, e vocês? Acho uma falta de respeito tremenda. Mas sabe por que eu toquei nesse exemplo? Pois ele se encaixa perfeitamente na pergunta que farei agora :

 “Tenho liberdade de pensar e falar, então posso publicar/comentar qualquer coisa, sem levar em consideração quem está a minha volta? ”

Por muitos anos, lutou-se pelo  respeito as liberdades de pensamento, da arte, de opinião, de imprensa… eu seria mais radical, e diria apenas que se lutou por  RESPEITO. Como se pode viver em sociedade, quando não existe respeito?  Não tem como. Por essa razão, que “liberdade” está totalmente ligada a “respeito”, elas caminham junto, e nós já vamos entender o porquê.

Ter o tumblr_lvzni7iOdT1qinh1vo1_400direito de falar qualquer coisa, não dá o direito de agredir o outro. Essas são as duas faces da laranja, meus caros. Até onde vai a nossa liberdade? Até onde podemos nos expressar? Bem, a resposta é clara. Até onde não atingir a liberdade alheia. A liberdade de expressão é medida respeitando o espaço do outro, ou seja,basta usar do bom senso antes de falar o que vier na mente. Pense, avalie, e só depois, exponha. Se for realmente válido e pertinente.

Há uma grande diferença entre opinar e esculhabar, sabiam? Comentar sobre determinado assunto, foto, vídeo,post, e opinar sobre ele, respeitando quem o fez, dando dicas, elogiando, fazendo críticas construtivas, ou seja, usando da educação para exprimir suas opiniões é a melhor forma de se expressar sem atingir de forma indelicada o outro, como é o caso dos comentários horríveis , feitos por pessoas piores ainda.

Espero que depois dessa leitura, vocês tomem consciência de seus atos, tanto no mundo virtual, como fora dele. Podemos nos tornar cidadãos melhores, usuários mais harmoniosos, pessoas mais preocupadas em tornar o mundo, um lugar mais tranquilo e gostoso de se viver, até porque, não temos outros planetas para morar (ainda, né? haha), então é melhor tratar de cuidar do nosso! As grandes mudanças começam pelas singelas ações.Respeitando as leis explicitas, e aquelas das “boas  maneiras”…para que hajam menos conflitos e mais paz.

Beijos Floridos, e até o próximo post!

clogo (22)

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pular para a barra de ferramentas