Comportamento

Pensei. Ops, falei! #2 – Alienação versus Beleza!

Queridas Flores Rosadas,

Estive visitando a roça da minha família, e como sempre, fiquei encantada com as coisas belas da natureza. Cada flor, galho, pedrinha e até a formiga são tão nítidas, que basta um clique, para constatar que efeito nenhum, nem Photoshop é capaz de embelezar ao ponto de chegar a esse nível de “lindeza”…pois a natureza por si só, já é bela.

Tem certas “coisas” que ao meu ver, não precisam ser modificadas ou melhoradas, elas são perfeitas do jeito que são. Quer um exemplo? As próprias pessoas.

Pois é, estou dizendo que o próprio ser humano já é algo perfeito. Entretanto, não irei me justificar com conceitos teológicos (por mais que eu acredite nessas questões religiosas) ou com fatos científicos. Até porque, não tenho conhecimentos extensos em ambas as áreas apresentadas. Vou justificar e argumentar do jeito mais singelo que tem : através do coração.

Quando digo “perfeito”, refiro-me a essência do indivíduo, a que todos possuem dentro de si, a chamada beleza interior. Beleza que não “temos o que tirar nem por”, pois já é completa. Só que infelizmente, a maldade do homem já corrompeu diversas essências…e então só poucos olhos conseguem enxergar.

Sabe por que só algumas pessoas conseguem ver? IMG_6671

Devido a mídia embutir a cada propaganda, novela, foto, matéria, etc.,  um conceito de beleza totalmente inacessível aos pobres mortais da Terra, ou seja, a nós, eu, você, sua mãe, seu primo, e por aí vai. Estipulando peso, altura, cor de (pele, olhos, cabelo), estilo de roupa…e até personalidade! Ou seja, estamos reféns de um ideal ridículo que só gera frustrações e inseguranças nas pessoas que não estão incluídos nele ( deixado bem claro que apenas uma pequena parcela consegue se inserir).

Fazendo com que muitas pessoas se limitem ao padrão estabelecido e se ceguem para as demais formas de expressar a beleza, que não se resume somente ao exterior, mas sim, as atitudes, a personalidade, o caráter…

O grande problema é que tudo que lemos, vemos, compramos e desejamos, em suma, são derivados dos “dejetos” do capitalismo e que a mídia faz questão de estampar e exaltar. Mas o pior de tudo é a própria sociedade permitir que tais estereótipos invadam as mentes da população, sem  sequer se opor.

Não vou ser hipócrita, e dizer que “não sou alienada“, pois estou inserida numa sociedade altamente consumista e com escassez de valores, dessa forma, fica quase que impossível não ser contaminada com certos costumes da massificação. Em um mundo globalizado, tudo está interligado. E esse é o alto preço do desenvolvimento.

fdfdere

Contudo, não deixo que mesmice e as modinhasme representem por completo. Ou seja, tenho controle do que penso, falo, e principalmente das minhas atitudes, não permito que algo, ou alguém pense ou aja por mim. Eu sou eu, e de uma coisa eu tenho plena convicção: a alienação só acorre quando ambos os lados estão de comum acordo. Nesse caso, eu estou sempre na “defensiva”. haha  – *modinhas nesse caso são os pensamentos e opiniões superficiais da maioria.

Por isso, tento limpar minha mente dessas futilidades e enchê-la de conteúdo (de qualidade, por favor!). Ler um livro, adentrar na vida política do nosso país que em um próximo post debaterei mais a fundo, pois a situação está “pegando fogo”, trocando ideais com os amigos sobre assuntos interessantes, praticando atividades que me tragam prazer como desenhar, escrever, tocar violão…formas não faltam!

A partir desse post, tente enxergar o mundo com outros olhos, entender o mundo com outra mentalidade, ouvir com outros ouvidos, ou seja, viva a SUA vida, e não permita que outros a vivam por você, afinal, só temos uma chance de está aqui, então é melhor que a nossa passagem seja vivida da melhor forma possível por nós mesmos!

Se você gostou desse post, curte e/ou deixa nos comentários a sua opinião, vou amar saber! E mais, participe da corrente de pensamentos do blog –  basta publicar qualquer coisa (foto, vídeo, frase, desabafo…) sobre os temas comportamento, política, estilo, preferências, sonhos, vontades, música…e posta com a hashtag dessa série #PenseiOpsFalei . 

Participe agora mesmo!

Beijos Floridos,

clogo (22)

5 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.