Livros e Resenhas

Resenha – Livro do Bem da Indiretas do Bem.

Queridos leitores,

Lembram do meu último (e também primeiro, haha) Book haul? clica aqui para ver, caso não tenha visto! E um dos livros que mostrei, foi justamente esse, o Livro do Bem, e que tentei não esticar muito naquele post, pois queria fazer uma resenha mais detalhada, pois esse é um livro que eu tenho um enorme carinho, e com certeza vou guardar para sempre…os motivos, vocês já vão entender porque.

Havia lido diversas resenhas a respeito, e me encantei perdidamente pela temática, ou seja, pela proposta do leitor escrever e soltar a imaginação com as tantas, vamos assim dizer, ‘atividades’ que o livro trás, que abordam questões do nosso cotidiano e vida pessoal de uma maneira muito delicada e  criativa.

Além de que, trata-se de um livro nacional, das escritoras Ariane Freitas e da Jessica Grecco, e que tem uma uma ‘pegada’ semelhante a do “Destrua esse Diário”, porém nesse caso, a última coisa que você vai querer fazer é destruí-lo, porque esse livro é uma FOFURA DE FOFO e claro que eu não podia deixar de resenhá-lo aqui no CR, então, vamos lá? 

clogo (8)

  • Título : O Livro do Bem.
  • Autor :  Ariane Freitas e Jessica Grecco.
  • Editora : Gutenberg.
  • Preço Aproximado : Uns R$ 20,00 a R$ 30,00.
  • Número de Páginas : várias, baby…( não é numerado).

~preencher com coisas que te inspiram ~

Cada página é recheada de letras lindas com frases de cair o queixo de tão perfeitas! É como se as autoras quisessem dar uma indireta, “do bem” o tempo todo! hahaha ( trocadilhos da Kah ) O que não é de se estranhar, pois elas são donas da famosa página do facebook – Indiretas do BemDessa forma, indiretas são com elas mesmo, e nesse gancho, já aviso que a cada página, você irá se surpreender tanto com as frases, como com as propostas, pois ambas  tornarão seu dia mais leve!

~ o desenho acima foi feito por mim, e representa a menina desse livro ~

Como já deu para notar, não é um livro “normal” , ou seja, com enredo, tempo, local, personagens,  já que por ser do estilo interativo, o leitor deve completar as páginas com o que se  propõem, de maneira bem íntima, pessoal, e desse forma, criar sua própria história.

E o que achei mais legal, foi me pegar imaginando, enquanto ia escrevendo, em daqui há alguns anos, eu relendo esse livro : Numa sexta-feira à noite, sem pretensão, esbarro na estante e acabo voltando no tempo e revivendo esse turbilhão de sentimentos, sonhos, expectativas, ilusões, paixões, amizades que a Karen de quinze anos estava vivendo…

~ frases lindas (muitas) que te fazem refletir sobre a vida ~

Cada pessoa terá seu próprio jeitinho de preenchê-lo, será único. E maneiras não faltam para responder! Podemos desenhar (viram como eu desenhei nas páginas? Achei que deu um toque muito “Karen” ao livro, afinal, é justamente para ter a personalidade do dono) , colar imagens, apenas escrever, usar canetinhas coloridas ou definir um padrão de cor; colar tecidos, pintar….uma infinidade, não é mesmo? Basta ter criatividade, e o resultado será do seu agrado, tenho certeza!

~ “que música está tocando agora? Escreva! ” bem isso ~

Além de de tudo isso, o livro também tem uma ligação com a internet ( com as redes sociais ). Ao postar alguma foto com o livro, você usa #LivroDoBem , e assim acompanha o processo de várias pessoas que também estão fazendo  ( absorver inspirações, sabe?), é uma ferramenta bem bacana!

~  frase profunda, não? o desenho ao lado foi feito por mim ~

clogo (9)

Não podia deixar de dar nota máxima a esse livro, 5 estrelas super merecidas!  Mas e você, quantas estrelas dá a ele? Deixa nos comentários, vou adorar saber e discutir a respeito! Espero que tenham gostado e se sim, compartilha o post nas redes sociais, assim mais gente passa a conhecer esse livro maravilhoso e mega gostoso de fazer!

Beijos floridos,

clogo (22)

3 Comentários

Deixe uma resposta para Karen Letícia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.