Livros e Resenhas

Resenha – O Teorema Katherine do John Green

Queridos leitores,

Agora em férias, estou me focando para ler os livros que tanto adiei a leitura durante o ano ou dando atenção áqueles que a correria não permitia…Dessa forma, muitas resenhas estão por vim, aguardem!

Bem, mais uma vez o John me encantou com uma trama ( bem crazy, por sinal) e muito bem elaborada, com aquele ar “intelectual” que não tem como não se apaixonar pelos personagens e todo o contexto que eles estão incluídos. Inclusive, esse livro conta com os rodapés mais instrucionais que eu já vi. haha

clogo (8)

  • Título : O Teorema Katherine.
  • Autor :  John Green.
  • Editora : Intriseca.
  • Preço Aproximado : Uns R$ 30,00 a R$ 35,00.
  • Número de Páginas : 304 páginas.

661

Nossa história começa com o fim do relacionamento de Colin, personagem principal, com sua nonagésima namorada, chamada Katherine. Sim, tenho que reforçar que todas as suas ex namoradas, atual e futuras sempre terão o mesmo nome : KATHERINE. Não estamos falando de Karina, Katarina ou muito menos Karen, e sim, Katherine.

Colin é   muito inteligente, e suas frases e ações veem acompanhadas quase sempre por um anagrama ( que só lendo o livro para compreende-las, e as vezes, nem assim), mas que resumindo, são organizações diferentes das palavras, e que no contexto, ganham novos significados. A partir dos trejeitos que o autor fornece sobre ele, nota-se que possuiu grande dificuldade de se relacionar com as pessoas, e isso fico mais evidente em relação a sua vida amorosa ( ele sempre leva o pé na bunda).

Seu maior sonho é se tornar um gênio, e para isso, precisa fazer algo grandioso ( estupendo) para que todos notem suas habilidades intelectuais ( como falar latim fluente, tá?). E com essa motivação ( e desculpa) ele pega o carro junto com seu amigo Hassan e se jogam na estrada sem destino certo! Mas que no fim das contas, de um jeito torto, é o que conserta tudo.

660

Até que sem pretensão nenhuma, eles param e ficam por um tempo numa cidadizinha do interior, onde descobrem que a vida é muito além de “ganhar um prêmil Nobel” ou “ser importante, lembrado”, na verdade, construir laços com as pessoas é a melhor forma de não ficar sozinho nesse mundo.

Ou seja, mas vale se permitir amar e ser amado, do que se fechar no seu casulo e esquecer do resto. E aí que entra a Lindsey, uma garota muito bacana e que tem uma mãe super auto austral e um namorado cafajeste…muita coisa vai rolar! E outra, quando você menos espera, uma nova paixão pode surgir. O amor é um pouco complicado, mas os horizontes se abrem quando não se está obcecado em encontrar uma Katherine perfeita…

E no decorrer desse enredo cheio de aventuras, amor e muitos anagramas, o Colin arranja tempo para se dedicar a uma projeto, o chamado “Teorema Katherine” que consiste em provar através de cálculos matemáticos quem é mais provável de terminar o namoro (já imaginou? Ui).

clogo (9)

De 1 a 5…minha nota é 5, porque todo esse contexto do livro me motivou a querer saber como a história iria terminar, e para minha sorte, amei o desfecho…espero que vocês também! Gostou da resenha? Então compartilha em todas as redes sociais!

Qual a sua opinião sobre o livro? Deixe nos comentários abaixo, e bora conversar sobre!

Beijos floridos,

Sou a Karen Letícia e, sim, Coral não tem ligação com meu nome! Desde 2013 tenho este blog para dividir meus pensamentos com vocês e tentar mostrar que a vida é um universo de possibilidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pular para a barra de ferramentas