Comportamento,  Faculdade

Diário da Quarentena #1 – Amantes de rotina

Queridos leitores / quarenteners,

Nem preciso dizer que estamos vivenciando uma realidade atípica, a qual, acredito eu, tem nos levado a momentos de reflexão sobre nossas vidas, prioridades, comportamentos…e mais, vejo esta transformação pós pandemia, seja no fato da maior preocupação com a higiene ou na preservação de momentos com as pessoas que amamos. Tudo vai mudar. Ou pelo menos, nós mesmos vamos. Eu vou.

Por estarmos isolados em casa, a maioria tem descoberto dilemas e anseios típicos de uma vida solitária. A quarentena tem perturbado a sanidade e o coração de muita gente, inclusive, a mim mesma. Eu, que sempre fui muito caseira, estou sentindo falta da convivência e principalmente, da rotina.  Falando em rotina,  pelo menos para mim, é sinônimo de paz interior. Ter um planejamento das minhas semanas e em como irei distribuir meu tempo é uma sensação de controle que particularmente, eu aprecio. Isso porque, organizando meu tempo, sinto que as coisas fluem mais e não me sinto tão pressionada com os afazeres pois consigo ver, nitidamente, que tenho tempo para fazer tudo! ( o lance é só não dar chance para a preguiça reinar…).

A meta era manter um ritmo bom de estudos – pelos menos não jogar tudo para o ar. E devo decepcionar vocês, mas só durou nas primeiras semanas. Vendo que não estava rendendo, optei por curtir ( do jeito que consegui) minha folga…inclusive, por ter descansado o cérebro de tanta informação da faculdade, hoje, consigo sentir falta dela. Na quarentena, minhas férias do meio do ano foram adiantadas, então sim, eu estava em férias durante estes dias de isolamento. Se por uma lado, para a vida acadêmica é ótimo, visto que  não haverá atrasos da minha formação ( pelos menos, não a primeiro momento). Por outro, quebrou totalmente a vibe de estudos que praticamente todo mundo construiu nesse período. Não tem jeito, estudar em casa – ou melhor, somente em casa – é uma luta diária e constante contra a procrastinação. Sem contar que a maioria das pessoas que teve que se adaptar ao “home office” tem lidado com a dificuldade de separar o momento de produzir e relaxar.

Agora que minhas aulas vão retornar, via EAD, temo que estas preocupações e dilemas vão se tornar uma realidade. É preciso reforçar, claro, o privilégio que é poder estar em casa. Isolar-se da contaminação e proteger o nosso bem mais valioso, a saúde. Teremos todos que aprender a trabalhar e estudar em casa- no conforto do nosso lar.  Por isso, pensando em como me motivar para essa nova rotina que me aguarda… separei alguns tópicos que fazem do estudo/trabalho em casa serem legais e benéficos! Espero que de alguma forma, ajude vocês a se motivarem também e passarem a enxergar o lado bom nessa vida na quarentena ( sempre tem algo de bom).

ASSISTIR AULAS NO CONFORTO DE CASA

Tem coisa melhor que simplesmente acordar e não ter que se apressar em se arrumar e tomar um bom café da manhã? Sem contar que não ter que enfrentar trânsitos ou estresses para ir para faculdade são ótimos benefícios. Sem contar o conforto de poder escolher o cômodo e a “cadeira” nos quais iremos assistir nossas aulas. De preferência opte por um ambiente calmo, confortável e que, nesse contexto, tenha uma conexão com o wi-fi mais estável.  Fora isso, seja no sofá, na cama ou na bancada de estudos, o importante é marcar presença na aula! 

MAIS TEMPO LIVRE (OU NÃO)

É fato que não ter que ir e voltar da faculdade, além do que mencionei, ainda poupa muito TEMPO do seu dia a dia. Fora que não ter que acordar “tão cedo” nos acrescenta mais horinhas de sono e isso não tem preço! é vida! ( literalmente viu?) Todavia, mais tempo é obvio que teremos, o lance agora é se organizar bem para não perdê-lo porque é muito fácil se deixar levar pela comodidade de estar em casa e não ter “aquele” incentivo externo que o ambiente de trabalho ou de estudo fornecem. Por isso, aconselho criar um ambiente, e válvulas que reforcem o fato de que agora é hora de se produtivo e agora não.

SUA ROTINA DO SEU JEITO!

Se não fosse pela pandemia, tenho quase certeza que em algumas aulas ou em todas, você preferiria estar em casa assistindo a ela. Simplesmente é mais cômodo e relaxante aprender quando se está em um ambiente que lhe agrade. Além disso, fora as aulas ao vivo e atividades sincrônicas, o resto do tempo é seu e você comanda os horários e tempos gastos com seus estudos. É seu momento de agarrar as rédias da sua vida e organizar sua própria rotina, sem que a faculdade domine-a como de costume.

PIJAMA NOVO UNIFORME ?

Aí fica no ar. Você é Team Pijama ou Team Uniforme? O tempo dirá como eu vou me adequar…de certo, irei optar pelo conforto e o que for mais prático. Mas caso você encontre mais motivação se arrumando ( tenho isso as vezes), pois então  invista nisso. O objetivo é se sentir bem.

INTERVALOS MAIORES

Entre uma aula e outra, os intervalos são maiores que antes. Use isso a seu favor. Estude para a proxima aula, revise a aula vista…agora temos mais tempo para isso, e como você já está em frente ao computador, por que não né? Só não vale esquecer da aula!! kkkkkkkk Em contrapartida, com intervalos maiores, as pausas para lanchar, se alongar e até mesmo, se distrair se tornam mais frequentes, o que é muito bom. Inclusive, dá até pra tirar aquele cochilo e não perder o foco durante aula!

BYE BYE PESSOAS TÓXICAS 

Conviver é algo que sinto falta, mas de certas atitudes humanas não mesmo! Não que eu tenho inimizades, não tenho, ou pelo menos, procuro não fortalecer essas relações negativas na minha vida. Quando falo tóxicas, me refiro a qualquer pessoa que não lhe traz bons sorrisos e energias boas entende? A boa notícia é que a distância lhe ajuda a se desintoxicar e te mostra quem são as pessoas que somam na sua vida, essas você precisa se esforçar para manter por perto. Uma rede de apoio forte é tudo!

Nao sei se este diário vai ser atualizado sempre, temo que não por conta da faculdade. Achei interessante criar mesmo assim, a fim de demonstrar que está todo mundo no mesmo barco e não, não é só você que passa por isso ou aquilo. Estamos juntos – mesmo não estando fisicamente. A cada dia mais, vejo o quanto é importante reforçar laços genuínos e fomentar no outro, o que queremos reforçar em nós mesmos.

Como está sua quarentena? Previsão de quando termina? Deixem suas apostas abaixo nos comentários.

2 Comentários

  • Anônimo

    ahhhhhh bem legal, mas no meu caso, minha facul não vai ter EAD, vou ficar paradão em casa(acho isso péssimo),mas tô tentando reforça uns assuntos mesmo assim.
    Forças para termos foco pra estudar muitão e sairmos logo dessa quarentena.

    • Karen Letícia

      Espero que consiga estudar e manter uma rotina saudável! Se tiver alguma dica me conta, quero muito!! Todos unidos na luta por um estudo consistente e duradouro…desejo muita saúde para aguentarmos essa quarentena! bjoo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pular para a barra de ferramentas