• Faculdade

    Quadro de horário para baixar!

    Queridos quarenteners!!

    Hoje acordei inspirada em transformar nossas rotinas. torná-las mais leves em meio a tantas incertezas nessa quarentena; Por isso, assim como já havia feito anos atrás ( nesse post aqui), criei quadros digitais que podem ou não serem impressos para uso de vocês! A ideia é conseguir unir organização com criatividade…e um design bem legal! Tentei diversificar as cores e estilos, esperando que um deles te agrade. 

    Ademais, vocês podem preenchê-los com os horários das aulas, ou momentos destinados a lazer, exercícios, estudos diários…semanalmente! E caso utilize algum aparelho digital, tem a opção de preencher com canetinhas – fica lindo também!! Usem da criatividade de vocês, o importante é conseguir manter o foco e se sentir bem com essa nova rotina em isolamento. 

    Espero que gostem e se quiserem, ao baixar, me marca no instagram ( @coralrosado_) ou com a hashtag #kaleartes que com toda certeza irei curtir e compartilhar! Fiquem em casa e se protejam, pois saúde é algo muito valioso…

    O que querem ver por aqui? Deixem nos comentários! 

  • Comportamento,  Faculdade

    Diário da Quarentena #1 – Amantes de rotina

    Queridos leitores / quarenteners,

    Nem preciso dizer que estamos vivenciando uma realidade atípica, a qual, acredito eu, tem nos levado a momentos de reflexão sobre nossas vidas, prioridades, comportamentos…e mais, vejo esta transformação pós pandemia, seja no fato da maior preocupação com a higiene ou na preservação de momentos com as pessoas que amamos. Tudo vai mudar. Ou pelo menos, nós mesmos vamos. Eu vou.

    Por estarmos isolados em casa, a maioria tem descoberto dilemas e anseios típicos de uma vida solitária. A quarentena tem perturbado a sanidade e o coração de muita gente, inclusive, a mim mesma. Eu, que sempre fui muito caseira, estou sentindo falta da convivência e principalmente, da rotina.  Falando em rotina,  pelo menos para mim, é sinônimo de paz interior. Ter um planejamento das minhas semanas e em como irei distribuir meu tempo é uma sensação de controle que particularmente, eu aprecio. Isso porque, organizando meu tempo, sinto que as coisas fluem mais e não me sinto tão pressionada com os afazeres pois consigo ver, nitidamente, que tenho tempo para fazer tudo! ( o lance é só não dar chance para a preguiça reinar…).

    A meta era manter um ritmo bom de estudos – pelos menos não jogar tudo para o ar. E devo decepcionar vocês, mas só durou nas primeiras semanas. Vendo que não estava rendendo, optei por curtir ( do jeito que consegui) minha folga…inclusive, por ter descansado o cérebro de tanta informação da faculdade, hoje, consigo sentir falta dela. Na quarentena, minhas férias do meio do ano foram adiantadas, então sim, eu estava em férias durante estes dias de isolamento. Se por uma lado, para a vida acadêmica é ótimo, visto que  não haverá atrasos da minha formação ( pelos menos, não a primeiro momento). Por outro, quebrou totalmente a vibe de estudos que praticamente todo mundo construiu nesse período. Não tem jeito, estudar em casa – ou melhor, somente em casa – é uma luta diária e constante contra a procrastinação. Sem contar que a maioria das pessoas que teve que se adaptar ao “home office” tem lidado com a dificuldade de separar o momento de produzir e relaxar.

    Agora que minhas aulas vão retornar, via EAD, temo que estas preocupações e dilemas vão se tornar uma realidade. É preciso reforçar, claro, o privilégio que é poder estar em casa. Isolar-se da contaminação e proteger o nosso bem mais valioso, a saúde. Teremos todos que aprender a trabalhar e estudar em casa- no conforto do nosso lar.  Por isso, pensando em como me motivar para essa nova rotina que me aguarda… separei alguns tópicos que fazem do estudo/trabalho em casa serem legais e benéficos! Espero que de alguma forma, ajude vocês a se motivarem também e passarem a enxergar o lado bom nessa vida na quarentena ( sempre tem algo de bom).

    ASSISTIR AULAS NO CONFORTO DE CASA

    Tem coisa melhor que simplesmente acordar e não ter que se apressar em se arrumar e tomar um bom café da manhã? Sem contar que não ter que enfrentar trânsitos ou estresses para ir para faculdade são ótimos benefícios. Sem contar o conforto de poder escolher o cômodo e a “cadeira” nos quais iremos assistir nossas aulas. De preferência opte por um ambiente calmo, confortável e que, nesse contexto, tenha uma conexão com o wi-fi mais estável.  Fora isso, seja no sofá, na cama ou na bancada de estudos, o importante é marcar presença na aula! 

    MAIS TEMPO LIVRE (OU NÃO)

    É fato que não ter que ir e voltar da faculdade, além do que mencionei, ainda poupa muito TEMPO do seu dia a dia. Fora que não ter que acordar “tão cedo” nos acrescenta mais horinhas de sono e isso não tem preço! é vida! ( literalmente viu?) Todavia, mais tempo é obvio que teremos, o lance agora é se organizar bem para não perdê-lo porque é muito fácil se deixar levar pela comodidade de estar em casa e não ter “aquele” incentivo externo que o ambiente de trabalho ou de estudo fornecem. Por isso, aconselho criar um ambiente, e válvulas que reforcem o fato de que agora é hora de se produtivo e agora não.

    SUA ROTINA DO SEU JEITO!

    Se não fosse pela pandemia, tenho quase certeza que em algumas aulas ou em todas, você preferiria estar em casa assistindo a ela. Simplesmente é mais cômodo e relaxante aprender quando se está em um ambiente que lhe agrade. Além disso, fora as aulas ao vivo e atividades sincrônicas, o resto do tempo é seu e você comanda os horários e tempos gastos com seus estudos. É seu momento de agarrar as rédias da sua vida e organizar sua própria rotina, sem que a faculdade domine-a como de costume.

    PIJAMA NOVO UNIFORME ?

    Aí fica no ar. Você é Team Pijama ou Team Uniforme? O tempo dirá como eu vou me adequar…de certo, irei optar pelo conforto e o que for mais prático. Mas caso você encontre mais motivação se arrumando ( tenho isso as vezes), pois então  invista nisso. O objetivo é se sentir bem.

    INTERVALOS MAIORES

    Entre uma aula e outra, os intervalos são maiores que antes. Use isso a seu favor. Estude para a proxima aula, revise a aula vista…agora temos mais tempo para isso, e como você já está em frente ao computador, por que não né? Só não vale esquecer da aula!! kkkkkkkk Em contrapartida, com intervalos maiores, as pausas para lanchar, se alongar e até mesmo, se distrair se tornam mais frequentes, o que é muito bom. Inclusive, dá até pra tirar aquele cochilo e não perder o foco durante aula!

    BYE BYE PESSOAS TÓXICAS 

    Conviver é algo que sinto falta, mas de certas atitudes humanas não mesmo! Não que eu tenho inimizades, não tenho, ou pelo menos, procuro não fortalecer essas relações negativas na minha vida. Quando falo tóxicas, me refiro a qualquer pessoa que não lhe traz bons sorrisos e energias boas entende? A boa notícia é que a distância lhe ajuda a se desintoxicar e te mostra quem são as pessoas que somam na sua vida, essas você precisa se esforçar para manter por perto. Uma rede de apoio forte é tudo!

    Nao sei se este diário vai ser atualizado sempre, temo que não por conta da faculdade. Achei interessante criar mesmo assim, a fim de demonstrar que está todo mundo no mesmo barco e não, não é só você que passa por isso ou aquilo. Estamos juntos – mesmo não estando fisicamente. A cada dia mais, vejo o quanto é importante reforçar laços genuínos e fomentar no outro, o que queremos reforçar em nós mesmos.

    Como está sua quarentena? Previsão de quando termina? Deixem suas apostas abaixo nos comentários.

  • Faculdade

    1/12 de um sonho concluídos

    Eu ainda não acredito que um semestre se passou e com ele, meu primeiro período de Medicina também. Foram tantas lutas para alcançar minha vaga, que ter concluído essa etapa de 12, concretiza tudo. Pois é, eu passei mesmo e daqui para frente, novos desafios estão por vir – e olha que nesse curso o que mais tem é desafio e superação – antes, durante e depois. Decidi fazer um apanhado geral de como foi organizado esse semestre, como funciona na minha faculdade e por fim, o que eu achei até aqui do curso, da metodologia ativa… se gostarem, posso ficar fazendo posts mais específicos! ( é só pedir!)

    PRIMEIRAS SEMANAS

    Hoje em dia, está bem em alta na mídia dos studygrams explicações sobre a metodologia PBL – que basicamente, consiste no ensino e aprendizado mais autônomo do estudante, retirando do professor o papel de conduzir o aprendizado nas salas de aula, cuja função agora se torna apenas auxiliar a obtenção desse conhecimento base, por meio de aulas reduzidas, invertidas e até virtuais. A ideia é que o aluno, por meio de casos clínicos semanais, tenha as ferramentas necessárias e com auxílio de um mentor, seja capaz de buscar seu próprio saber.

    Nas primeiras semanas, minha faculdade tem a tradição de organizar uma “semana do calouro” que tenta instruir o aluno sobre a rotina, aspectos humanos, apresentação da equipe docente e pedagógica e ainda, conta com diversas palestras sobre temas que convergem com a própria Medicina. Mas devo alertar que a realidade da rotina e a metodologia do curso a gente só descobre e entende mesmo na pele – vivenciando dia após dia, lidando com nossos erros e dificuldades e claro, nos motivando com nossos triunfos diários.

    PBL E AS MONITORIAS

    As aulas com professores se tornaram conferências semanais rotativas. Os horários da nossa grade , assim, são compensados pelas monitorias. Você vai ouvir muito falar disso, futuro aluno rs. Uns amam, outros nem tanto. Confesso que inicialmente eu também não gostei – porque eu ainda estava integrada no método tradicional (professor-aluno) , mas tudo é questão de se permitir adaptar-se, e aos poucos, você vai notar muitos benefícios desse arranjo. As monitorias são grupos formados pelos alunos – que passam por processos seletivos e de preparação, para estarem aptos a nos guiar e apresentar conteúdos, assim como tirar nossas dúvidas!

    Sem dúvidas, meus monitores foram parte fundamental para que eu sobrevivesse ao dia a dia da faculdade e soubesse lidar melhor com os novos conteúdos e livros para estudar. Por serem alunos como eu, só que de semestres acima, a gente se sente mais acolhido e até mesmo assuntos difíceis ganham outra conotação pois são transmitidos por pessoas que como nós, também tiveram dificuldade de aprender – e não tentam esconder isso – e conseguiram e hoje nos ajudam a estudar!

    MATÉRIAS E PREFERÊNCIAS

    Nesse período eu tive no total de cinco matérias : Biomorfo I ( dividido em três componentes – macro, micro e tutoria); Primeiros socorros; Saúde Coletiva I; Metodologia Instrumental; Saúde Mental. Como puderam ver, algumas dessas matérias ainda irão me acompanhar pois graduadas em I, II…outras, no entanto, são específicas desse período.

    Dentre elas, temos duas bem diferentonas e que de maneiras distintas, porém importantes, marcaram minha vida- saúde mental e primeiros socorros. Vamos por partes…Saúde mental se explica por si só não é mesmo? rs Medicina é um curso integral e bastante intenso. Além do montante de conteúdos e habilidades requeridos, a cobrança de excelência começa desde a graduação. Por essa razão, minha faculdade adicionou a grade curricular, sendo componente obrigatório do primeiro semestre, com intuito de nos mostrar, desde o início, que é sim possível cuidar de nós, antes de aprender a cuidar do outro. Nela, tivemos 4 módulos – meditação, arte, literatura e música, com profissionais de cada uma das áreas e que, a cada semana, nos faziam relaxar, sorrir e conhecer mais de nós mesmos. Foi muito importante e necessário.

    Já Primeiros Socorros foi um misto de amor e choro. Taí uma matéria que te modifica – para melhor – a cada semana. Vou te falar, é literalmente, uma superação atrás de superação. Você começa os treinamentos achando que nunca vai dar conta de atender o paciente em um tempo delimitado, e passadas as simulações e longos treinos e estudos, você não só consegue atender o famoso “XABCDE” ( atendimento inicial a vítimas de trauma , que segue uma ordem de prioridade de ações e condutas) como também realiza um parto de emergência! É extremamente gratificante observar minha evolução não só em termos de nota, mas principalmente como pessoa.

    PS – para os íntimos rs – é uma lição de vida. O medo inicial até de atrapalha nas primeiras situações -teste mas depois, é ele que te impulsiona a superar suas próprias limitações e inseguranças. Você aprende com as aulas, a rotina de treinos e com as experiências dos monitores e aspiras, que nada é impossível, e mais, você é capaz de fazer tudo, basta correr atrás e se dedicar. A matéria te faz ganhar resistência física e emocional, além de te conceder uma prévia do que a Medicina irá exigir. Sou extremamente grata.

    As matérias básicas como anatomia, matéria que todo estudante de Medicina comenta a respeito, vocês já estão cansados de saber né? foi super interessante e desafiador de estudar – gente, são MUITOS nomes para gravar em pouco tempo!!!! Te adianto que se você olhar bem, no nosso antebraço existem quinhentos mil músculos…rsrs!

    O que posso comentar é que de fato, estudar o corpo humano por meio do corpo humano – propriamente dito – é sensacional e gratificante. Por vezes, senti algum desconforto quando a “peça cadavélica” era mais conservada, mas ainda sim, é bem possível aprender e não esquecer que aquela vida significou muito para alguém/s e que agora, significa muito para mim.

    ESTUDOS E PLANEJAMENTO

    Esse tópico é ainda desconhecido para mim! Cada semana eu tentava encontrar um meio de estudar que mais se encaixasse com meu jeito de aprender e que fosse produtivo porque tempo é algo que você não tem! Quer dizer…você até tem, mas como são muitos assuntos acaba que se não se organizar, ele é perdido facilmente. Por isso, ano que vem vou buscar ferramentas que otimizem meu tempo de estudo e tornem mais tranquilo gerenciar os conteúdos! Aos poucos vou dividindo com vocês como estará sendo, certo?

    Até o próximo post!

Pular para a barra de ferramentas