Look – Sem amarras pra sonhar!

Queridos leitores,


Ano passado eu tive a chance de vivenciar várias emoções e experiências super incríveis! As quais, nem todas compartilhei nas mídias, afinal os momentos também servem para se guardar a sete chaves!

Mas voltando ao post, uma delas quem me acompanha no instagram acabou vendo : meu ensaio fotográfico! Sim, sim! haha Por uma tarde eu me senti uma modelo em frente as lentes do queridíssimo Emersson Santana! E hoje, resolvi mostrar um pouco do ensaio para vocês, bora lá?

Já acompanhava o trabalho dele há um tempão, e quando surgiu a oportunidade de um projeto juntos foi maravilhoso! Eu, como vocês sabem, adoro tirar fotos e tudo mais,  então foi super interessante unir tudo isso em um shoot super fun!

Vocês irão ver nas fotos, que a vibe escolhida foi bem descontraída e sem amarras! Pude ser eu mesma o tempo todo e o resultado ficou muito lindo! Nesse sentido, procurei montar um look que transmitisse essa energia despojada, sabe? Acabou que misturei tendências super bacanas, então o post de look caiu super bem agora!

Como eu ia dizendo, como base de tudo apostei no básico duo de camiseta com short jeans. As listras realçam a sobreposição feita com a jaqueta jeans clara. O que traz a diversão mesmo são as aplicações, os “patches” super fofos na peça. Ahh e um destaque aqui, porque essa bolsa preta é meu amorzim da vida tá? haha Deu todo charme a composição.

  • Blusa listradaC&A
  • Jaqueta com patchesLuigi Betolli 
  • Bolsa preta floralRenner 
  • ShortIndigo 
  • Tênis brancoArezzo 

A make foi suave, afinal, prezamos pela naturalidade sempre! Uma boa preparação de pele com os produtinhos que vocês já conhecem e um esfumadinho nos olhos.  A listinha do que usei :

Espero que tenham gostado das inspirações e dicas! Caso se interesse em também ser fotografada pelo Emersson, vou deixar os links de contato dele no final do post!

Beijos floridos,

Karen Letícia.

CONTATO DO FOTÓGRAFO AQUI

 

Look – Entre rabiscos e amor, há arte!

Queridos leitores,

Trago hoje a vocês uma inspiração de look! Acabo que compartilho minhas produções no instagram mesmo, e quem me acompanha por lá  fica por dentro do que ando vestindo, tendências que aderi, etc, e acaba de alguma forma se inspirando!

Faz um bom tempo que não divulgo por aqui, e nada mais justo que trazer esse tema tão em gosto ao público feminino, não é? Mesmo você que não liga muito para moda, vai adorar ver as fotos, sabe por quê? haha

unnamed-4

Elas estão repletas de grafites lindos que embelezam os muros da minha cidade! Sou apaixonada por arte de rua e tirar foto, então já viu : sou uma serumaninha muito muito feliz por ter conseguido uni-los! Bora conferir?

unnamed-7

Seguindo a vibe “street trend” temos o foco para as cores vibrantes, peças despojadas que prezam pelo conforto, mas que nem por isso perdem o estilo, como é o caso do jeans e tênis! E foi pensando nessas influências, que montei esse look super soltinho e cool que mescla tudo isso!

aww

A camiseta azul marinho com detalhes de florzinha serviu como álibe para um top neon com listras que estava por baixo! Para deixá-la mais “podrinha“, amarrei a barra e ficou estilo um cropped, sabe? O charme foi deixar um dos ombros de fora!

unnamed-8

O short jeans é de cintura alta, alongando a silhueta e deixando amostra a parte acima do umbigo, que geralmente é o tamanho que mais valoriza o corpo!

Ahhhh…e bora combinar que um look desses suplica por uma boca a altura, neh? Apostei num gloss mate na cor vermelha! ( a make de perto aqui).

unnamed-6

unnamed-9

Fechando a produção, optei por aderir a pegada “white shoes” que está super em alta! Além de adicionar conforto, traz consigo muito estilo, e sofisticação. Confesso que é a minha peça preferida do momento, quero usar com tudo! haha

asaswqqw

  1. Batom vermelho – Vult 
  2. Top neon listrado – Renner
  3. Camisa florida –  C&A
  4. Short jeans – Linda de Morrer
  5. Tênis branco – Arezzo

 

 

Espero que tenham gostado, e até o próximo post! Dá um joinha e deixa a sua opinião! 

Beijos floridos,

Karen Letícia.

 

 

Resenha – A menina que colecionava borboletas da Bruna Vieira! + Playlist do livro!

Queridos leitores,

A correria do dia a dia somada com os conteúdos do colégio e mais outras atividades, preenchem as horas do meu dia! Acontece que quando sobra um tempinho, além de atualizar minhas redes sociais e conversar no chat, procuro descansar minha mente com leituras leves e gostosas.

Entre uma pausa e outra, quase sempre puxo da minha estante um  livro, a fim de viajar um pouco dessa dimensão que às vezes está tão preta e branca. O escolhido da vez foi esse, e quem me acompanha há um tempo, sabe que eu estava devendo uma resenha dele por aqui…

IMG_20160728_105547

clogo (8)

  • Título : A menina que colecionava borboletas
  • Autor :  Bruna Vieira 
  • Editora : Gutenberg.
  • Ilustrações : Malena Flores 
  • Preço Aproximado : Uns R$ 20,00 a R$ 30,00.
  • Número de Páginas : 151 páginas.

São nesses dias que “A menina que colecionava borboletas” me transporta para dentro do meu coração e me faz entender, ou ao menos tranquilizar os meus sentimentos borbulhantes. É engraçado como simples palavras trocadas, onde experiências são divididas, nos auxiliam a resolver nossos anseios e aflições.

2016-07-28-10-34-25

A Bruna, por meio de suas crônicas, ao todo são 48, trouxe conselhos e lições, além de muitos “sacode menina” para reforçar o quão belas e fortes  nós somos, e que esses mimimis que hoje parecem o fim ( fim de relacionamento, amores platônicos, falsianes, inseguranças, bulliyng etc),  são apenas pequenos recomeços, e de maneira indireta nos ajudam a formar nossa personalidade. Quando o fim realmente chegar, terão feito parte de quem você foi.

20160728-1093029497

Os capítulos são autônomos entre si, ou seja, podem ser lidos de maneira independente, sem perda de contexto.  Por essa razão, adoro deixar o destino me guiar e abrir aleatoriamente em alguma página ( sempre dá certo!).

Além de tudo isso mencionado,  o livro ainda tem um bônus de ser mega lindo! ( detalhe bobo, mas fofo! haha) Quando fui tirar essas fotos, fiquei apaixonada e vocês? A capa é uma delicadeza só, e as ilustrações internas não ficam atrás!

IMG_20160728_105736

Para encerrar, devo acrescentar que a Bruna ainda teve a delicadeza de montar uma playlist recheada de músicas incríveis, para serem ouvidas enquanto lemos os belos textos. Dessa forma, achei que seria bacana adicionar a essa resenha, pois assim vocês quando forem ler, é só entrar no blog e dá o play!

Beijos floridos,

Karen Letícia.

2 anos de Coral Rosado! + Blog de cara nova!

Queridíssimos leitores,

( hoje é um dia muito especial)

Lembro-me como se fosse hoje, dia 06 de dezembro de 2013, tinha ouvido falar por alguma blogueira da época que a melhor platarfoma era o WordPress, palavras dela : ” no início é meio complicadinho, mas depois vira o seu melhor amigo”… pois é, hoje eu sei que ela tinha razão.

Em pleno tédio das férias, sem saber ao certo o que fazer com tanto tempo livre, por um súbito de criatividade, decidi criar um blog, assim bem no impulso.

Da para acreditar que já se passaram dois anos desde a minha primeira publicação aqui no CR? Eu não consigo, juro. Parece que foi ontem, mas não foi ontem…na verdade, muita história rolou desde aquele dia. Histórias essas, que cada um de vocês acompanhou do outro lado da tela. Tenho muito orgulho de tudo que trilhamos juntos, e por isso… veja o vídeo abaixo :

hahahahaha ~essa sou eu vomitando felicidade em comemorar nosso aniver~ hahahaha

O blog passou por inúmeras mudanças de layout ( pessoa indecisa aqui falando, oi, oi),  várias séries foram criadas, como a playlist , amar é um pouco complicado, #PenseiOpsFalei, etc, tivemos participações especiais e tantas outras que tornaram sua visita no blog muito melhor.

(mais…)

Até onde é brincadeira?

Queridos leitores,

Ultimamente as minhas aulas de sociologia vem abordando questões sobre bullying, preconceitos, racismo, etc, e como sou “ratinha de debates” aproveito essas chances para expor meu ponto de vista sobre o tema e soltar o verbo!

Contudo, com o decorrer das aulas, percebi que é cada vez mais comum ouvir e presenciar atos como esses ( discriminação, injúria, bullying…) em nossas vidas, ou seja, atos que deveriam ser “raridade”, estão vivos em nosso cotidiano.

Eu mesma, só tenho quinze anos e já tenho muitas  histórias super chatinhas para contar a respeito, mas o post não é direcionado a mim. Ouvindo alguns relatos, notei que muitas vezes, a maldade contidos nesse atos se camuflam nas simples situações do dia a dia, como um olhar malicioso, uma pergunta indelicada ou até mesmo um confronto direito.

may 05 - 8pmthe wei zhou museum (1)

Todo dia vemos nos noticiários notícias de roubo, assassinatos, violência sexual/física/moral e tantas outras. E a cada dia, nos deparamos com o pior do ser humano e nos fazemos a mesma pergunta de sempre. Vai melhorar? Aí que tá meus caros, estamos caminhando para um caminho ainda mais cruel.

Isso porque ninguém faz NADA para mudar essa realidade! Só lembrando, as coisas não caem do céu, e para haver mudanças, muitos têm que se sacrificar, e então, você está disposto, pela causa?

(mais…)

Pensei, ops! Falei #1 – Até onde vai a nossa liberdade de expressão?

clogo (12)

Queridas Flores Rosadas,

Atualmente, vivemos em um mundo digitalizado, onde crianças de quatro e cinco anos já dominam o celular, o  computador, os tablets…tudo! Na minha época…bem..eu brincava de barbie, casinha…Celular? haha Fui ganhar com doze anos, para vocês terem uma ideia!  Mas a questão em que quero chegar, é que hoje em dia, tudo é mais liberado, como é o caso das  redes sociais, que nada mais é,  que um espaço para expor suas opiniões, gostos, etc.  Até porque nos é dado o direito de ir e vir, pensar e falar o que quisermos, ou seja, temos liberdade. Porém a população acaba abusando e ultrapassando dela,  jovens e adultos se portam na internet, muitas vezes de maneira grosseira, maldosa, ridícula e ao meu ver, totalmente desnecessária. As ” neuras” e preocupações se perderam…assim como o bom senso das pessoas. Como estabelecer um limite? Se é que ele realmente existe.

IMG_6647

by Karen Letícia.

Alguém pode achar tosto, ou até meio besta falar sobre isso (se for o seu caso, não leia, simples assim) …entretanto, acho de extrema relevância tratar desse tema, justamente porque tenho um espaço na web, o blog,  que me é permitido em função da própria “liberdade de expressão”… desse modo, os assuntos se entrelaçam, e não tem como fugir! haha Além do mais, é direito de todo cidadão, portanto discutir e debater questões assim nos faz compreender melhor o mundo em que vivemos, e claro, saber reclamar e exigir nossos direitos caso sejam violados ou descumpridos, mas como reivindicar, sem  sequer ter conhecimento?

Por esse e por diversos outros motivos, resolvi criar uma série de posts sobre questões relacionadas com tecnologia, comportamento, liberdade, juventude…temas que nos rodam, e que na maioria das vezes, não damos atenção.

Então vamos ao primeiro de muitos,“Pensei. Ops, Falei”  do blog!


clogo (24)

(mais…)